A cachoeira Santo Isidro, no Parque Nacional da Serra da Bocaina

Estrela da nossa ida à Bananal, o Parque Nacional da Serra da Bocaina tem sua sede principal em São José Barreiro, na divisa dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, formando uma das maiores áreas protegidas da Mata Atlântica do país. A sub-sede está em Paraty, constituindo-se na parte litoral do parque, nós estivemos lá também, quando visitamos a Piscina Natural do Cachadaço, leia sobre AQUI

A subida  até a entrada da sede do Parque é lindíssima. Estrada de serra, com subidas fortes, em sua maior parte de cascalho, muito sinuosa. Em alguns pontos existem mirantes, onde é possível parar o carro e contemplar a vista.

20170927_100648DSC03542

Dentre os principais atrativos turísticos do Parque destacam-se o Caminho de Mambucaba (mais conhecido como Trilha do Ouro), as cachoeiras de Santo Isidro, das Posses e do Veado, a Pedra do Frade, e a Praia do Cachadaço, ou seja, é um Parque que tem pontos de interesse para visitação tanto na sua parte serra como na parte litorânea. Todos os detalhes no SITE do Parque.

Na parte serra, em São José do Barreiro – SP, tínhamos apenas um dia para explorar o Parque e optamos pela cachoeira de Santo Isidro, por seu fácil acesso. Estávamos hospedados em Bananal, que fica a 70 km da entrada do Parque: nossa hospedagem ficava no alto de uma estrada íngreme e cheia de curvas (a SP-247) , então tivemos que descer  a serra, percorrer o trecho de estrada entre Bananal e São José do Barreiro e depois subir de novo toda a serra.

Chegamos ao Parque cedo e não havia mais ninguém por lá. Um vigia nos recebeu na guarita e informou que apenas um grupo de turistas italianos havia entrado na mesma semana, mas foram para a Pousada Vale dos Veados. Esta pousada fica dentro da área do parque em local bastante remoto e justamente por isto, oferece pensão completa. O acesso só é possível para veículos 4×4, dadas as condições da estrada que liga a portaria do parque à Pousada. É um local para se desconectar completamente, fica a dica.

20170927_10312020170927_10321220170927_151307

A entrada no parque é gratuita. Tem estacionamento e banheiros, não tem lanchonete ou restaurante. Seguimos pela trilha até a cachoeira: boa parte dela é aberta, então o sol castiga um pouco. Não é longa e nem tem nenhuma grande dificuldade, na hora da descida existem escadas e corrimões para ajudar. São 2,4 km ida e volta, por uma trilha de poucos aclives e muito bem demarcada e larga.

20170927_111741

Temos que transpor um riachinho baixo na trilha

20170927_142309

Já chegando, vemos as primeiras quedas da cachoeira, do alto

20170927_141741

O poço, lá embaixo, e parte dos corrimões de madeira que ajudam na descida: há orientação expressa de não passar além deles, mas o vigia nos contou que não é incomum turistas pularem para fazer fotos nas pedras. Acidentes já foram relatados.

20170927_113638

Visão do poço, com a prainha.

A cachoeira é simplesmente linda! Com bom poço para banho e uma prainha. A água estava absurdamente gelada mas a gente não quis nem saber e se jogou mesmo assim. 

20170927_11431920170927_11451820170927_114629

20170927_131441

DSC03511

Foto que tem muita relação com o nosso desejo de escrever este blog.

DSC03524DSC03529

Como levamos apenas um lanche de trilha, na volta estávamos mortos de fome e paramos na praça principal de São José do Barreiro para procurar algo para comer. Achamos apenas uma padaria aberta, mas já resolveu! Aproveitamos para fazer algumas fotos.

20170927_170054

20170927_170112

São José do Barreiro-SP é uma pequena cidade do Estado de São Paulo, famosa por ser a sede do Parque Nacional da Serra da Bocaina. São pouco mais de 4 mil habitantes e ela é a melhor opção de hospedagem para quem quer visitar a parte Serra do Parque. Nós acabamos ficando em Bananal, em busca de melhores opçõe$$ de hospedagem. 😉

20170927_170115

Ficou a vontade de voltar ao Parque e explorar os outros pontos que não conhecemos!

DSC03549.JPG

 

Informações:

O Parque tem boa conservação – as áreas do estacionamento e banheiros estavam limpos e a trilha que fizemos, para a cachoeira Santo Isidro, estava bem limpa e cuidada. A trilha nos pareceu fácil: plana em sua maior parte, quando vai chegando perto da cachoeira há uma escada feita com toras de madeira e corrimões. A maior parte é feita sob o tempo, então é importante se proteger do sol.

Não tem lanchonete por lá, necessário levar comida. Mesmo em São José do Barreiro não são muitas as opções, o lugar é bem pequeno.

Não há cobrança de taxa de visitação.

Quase pisei numa cobra na trilha. Como para toda e qualquer trilha, calçado fechado e calça comprida é desejável para proteger-nos de acidentes com animais peçonhentos.

Parque Nacional Serra da Bocaina – Sede Principal

Rodovia Estadual Francisca Mendes Ribeiro (SP 221)

CEP 12830-000 – Centro – São José do Barreiro – SP

Fone: (12) 3117-2143

Site: http://www.icmbio.gov.br/parnaserradabocaina/guia-do-visitante.html

Compartilhe:

oqueijovainamala

Um casal mineiro que ama viajar e conhecer novos lugares, mas acima de tudo busca experiências e novas histórias para ouvir e contar.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *