Camping Refúgio dos Horizontes, em Catas Altas

Há um mês tivemos nossa primeira experiência acampando juntos em ambiente selvagem – Leonardo já tinha o feito, mas eu Vanessa, tive esta vivência pela primeira vez na vida.

Compramos barraca, isolante térmico, saco de dormir e todos os apetrechos necessários: kit cozinha, lanternas, canivetes (Leonardo já tinha seu isolante e saco de dormir). Sugeri a ele que antes de acampar em ambiente selvagem (na natureza, sem qualquer estrutura) fôssemos antes a um camping estruturado para “testar” nossa barraca e demais equipamentos. A ideia seria usar tudo acampando no alto do Pico do Papagaio, em Aiuruoca-MG, e é claro que passar perrengue em local com estrutura seria muito melhor do que passar aperto no alto de uma montanha.

Foi assim que decidimos passar duas noites no Camping Refúgio dos Horizontes. O espaço é comandado pelo casal César e Gina, também à frente da Circuitos Turismo, empresa de receptivo turístico na cidade de Catas Altas. Nós já os tínhamos conhecido em 2018 quando tivemos na cidade para participar da FETUR, Feira de Turismo de Catas Altas e região, veja AQUI.

Catarina e nossa barraca, já instalados no Camping Refúgio dos Horizontes

A área de camping é ampla e a gente pode acampar bem do lado do carro, o que ajuda demaaais. Assim a gente não precisa tirar tudo do carro de uma vez e nem ficar carregando um tanto de coisa – o carro fica como uma base e dá pra pegar roupas e insumos no porta malas com maior facilidade.

Gostei muito deles terem pontos de energia espalhados em alguns pontos, conseguimos carregar nossos celulares sem qualquer dificuldade. O wifi é muito bom também e pegou bem mesmo dentro da barraca.

São dois banheiros, com chuveiro quente e sanitários, bem perto da área gramada.

Banheiros, um de cada lado, a poucos passos de onde montamos nossa barraca

Há também disponível para os hóspedes cozinha externa com fogão, geladeira, mesas e cadeiras e lavanderia. A gente acabou não usando a estrutura de cozinha do camping porque queríamos mesmo testar nosso fogareiro, mas é tudo bem completinho.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, vista do camping

A diária dá direito ao café da manhã, servido dentro da casa principal, bem gostoso! Um momento de bate papo com os anfitriões e outros hóspedes, ideal para trocar experiências, fazer novas amizades e planejar os passeios.

Bolo de chocolate da Gina, uma delícia!
Pãozin de queijo e queijo! Como não amar? <3


Ah, além do camping a casa funciona como hostel e tem dois quartos para aluguel: um triplo e um para casal, ambos com roupa de cama e banho fornecidas. Mas como é a própria casa dos anfitriões não é aquele esquema hostel com um monte de gente em beliche, é tudo mais tranquilo. Então se você não curte acampar, o Refúgio dos Horizontes tem lugar pra você também 🙂

Nossa vista matinal de dentro da barraca

Eles estão em reforma e em breve uma nova área só para café da manhã e refeições estará disponível para os hóspedes, e há também a previsão da construção de chalés privativos.

Nosso teste foi um sucesso! Tudo funcionou muito bem. Na 1ª noite pegamos uma ventania bem forte e a barraca aguentou! kkkkkkkk

Céu estrelado da 1ª noite

Uma grande vantagem em se hospedar no Refúgio, além do excelente custo-benefício, é facilitar a realização de passeios com a Circuitos Turismo. Dá pra chegar lá e na hora conversar com eles: basta dizer sua expectativa e o tempo disponível que eles te apresentam as melhores opções, tem muito atrativo legal em Catas Altas e região. Dá uma olhada no site deles pra já se inspirar.

Nós no Santuário do Caraça – a primeira vez que estivemos lá foi com a Circuitos Turismo


Camping Refúgio dos Horizontes

Rua Outrabanda, 579, Catas Altas-MG

Reservas e informações: (31) 98621-9421 (tem whatsapp também)

Link para o Hostel no Booking

Link para o quarto de casal no Hostel no AIRBNB

Link para o quarto triplo no Hostel no AIRBNB

Link para o Camping no AIRBNB

*O Camping Refúgio dos Horizontes foi nosso parceiro nesta viagem mas as opiniões aqui relatadas refletem nossa real experiência e não sofreram interferência do parceiro.

Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser

Compartilhe:

Vanessa Barreto

Psicóloga por profissão, viajante por paixão. Acredito na força dos encontros, na potência das palavras e na beleza das pequenas coisas. Viajar é um modo de existir e de se reinventar e por quê não dizer terapêutico também?

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *