Retrospectiva 2019 “O Queijo vai na Mala”

Como fizemos no ano passado (veja aqui a nossa Retrospectiva 2018), vamos reelembrar os destinos pelos quais passamos neste ano de 2019.

Janeiro

Visitamos a cidade de São Paulo, acompanhados pela minha irmã, que adora a cidade. Habitualmente uma vez ao ano fazemos esta viagem: aproveitamos para visitar museus e curtir a gastronomia da cidade. Ainda não escrevemos aqui no blog nada da capital paulista, mas uma hora vai!

Bem “turistinhas” no mirante do Farol Santander, numa foto estourada, mas que amei pelo afeto <3

Fevereiro

Que mês incrível! Passamos pelas cidades de Salvador, Maceió, Recife e algumas praias do litoral. Viajamos de avião até Salvador e lá alugamos um carro para seguir viagem, então conseguimos aproveitar bastante.

Em Salvador fomos recebidos pelo querido amigo Gabriel Pinheiro.

VEJA AQUI os posts sobre Salvador.

Veja também o que postamos de Maceió e Aracaju.

Casa de Jorge Amado, em Salvador

Março

Em Março visitamos a cidade mineira de Santa Bárbara, a trabalho, mas é claro que aproveitamos para turistar também.

Aqui contamos sobre a Casa do Mel, um dos atrativos da cidade.

Abril e Maio

Nestes meses fomos apenas à minha cidade, Juiz de Fora, para visitas familiares, e também recebemos familiares e amigos em casa. Além disto ficamos muito envolvidos com os preparativos da grande viagem que faríamos em junho.

Junho

Tiramos todo o mês de férias e fizemos uma grande viagem pelo Sul de Minas. Trilhamos no Parque Nacional do Itatiaia e fizemos a subida ao Pico do Papagaio, em Aiuruoca (foto que abre este post). Foi nossa primeira vez acampando juntos na natureza, uma experiência incrível.

Visitamos também o Parque Estadual do Ibitipoca. Contamos mais da pequena vila aqui no blog também.

Trilha no Parque Estadual de Ibitipoca

Neste mesmo mês, mas em viagens separadas, voltamos à Santa Bárbara e fomos ao Santuário do Caraça. Voltamos também à Ouro Preto, cidade que adoramos!

Mirante do Cruzeiro, no Santuário do Caraça

Julho

Como meus sogros estavam de férias (mas nós não), aproveitamos um final de semana e os levamos para conhecer as cidades históricas de Tiradentes e São João Del Rey.

Escrevemos sobre Tiradentes neste post.

E dicas de São João Del Rei AQUI.

Maria Fumaça, em Tiradentes

Agosto

Eu, Vanessa, voltei à Juiz de Fora para participar de um evento acadêmico. Ainda vou escrever sobre a minha cidade aqui no blog!

Setembro

Este segundo semestre apertou muito de estudo por aqui! Então acabamos escolhendo alguns finais de semana para fazer a prática japonesa do Banho de Floresta, veja nestes posts mais detalhes.

Alugamos um Airbnb na cidade vizinha de Brumadinho, e ficamos um final de semana inteiro lendo, estudando, trabalhando (Leonardo tinha que preparar uma apresentação) e também em conexão com a natureza.

Paz!

Outubro

Gostamos tanto da experiência de Setembro que resolvemos repetir. Alugamos uma outra casinha no mesmo condomínio da anterior, também em Brumadinho. Neste nem precisamos trabalhar e estudar tanto, conseguimos ter mais tempo descansar.

Novembro

Na virada do mês de Outubro a Novembro tiramos uns dias de férias e fomos para a Serra do Cipó, destino natural próximo de BH que adoramos. Alugamos uma casinha literalmente no meio do mato e ficamos 3 dias em pura conexão com a natureza. Sossego total!

Ainda não esrcevemos sobre esta experiência aqui no blog, mas tá nos planos!

Trilhando pela Serra do Cipó

Dezembro

Viajamos à Juiz de Fora para comemorar o natal com a minha família. Este mês costuma ser mais tumultuado e como habitualmente chove bastante, não temos como hábito programar outras viagens nesta época.

E este foi o nosso 2019! Com novos destinos, novos amigos e muita conexão com a natureza, bem do jeito que a gente gosta!

Que venha 2020!

A todos os que nos acompanham aqui, deixamos nossa gratidão e os votos de um 2020 incrível!

Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser

Compartilhe:

Vanessa Barreto

Psicóloga por profissão, viajante por paixão. Acredito na força dos encontros, na potência das palavras e na beleza das pequenas coisas. Viajar é um modo de existir e de se reinventar e por quê não dizer terapêutico também?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *